Deparei-me com Uma chama entre as cinzas alguns dias atrás, enquanto visitava outro blog literário, e fiquei bastante interessada na premissa do livro. Portanto, imaginem a minha reação quando a editora me enviou um exemplar: quase pirei. Fazendo jus ao nome do blog, devorei o livro em quatro dias e ainda estou indignada por ter de esperar pelo próximo livro da série (isso não se faz, gente!). 

Laia vive em um mundo brutal com os avós e o irmão mais velho. No Império Marcial, a resposta para o desacato. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar sue irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império. Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada - e que sua escolhas podem mudar para sempre o destino do próprio Império. 

Sensacional e envolvente! Se me pedissem para descrever esse livro em duas palavras seriam essas. A sensacionalidade vem da originalidade, a envolvência do modo com que tudo se encaixa, formando um todo espetacular. Uma chama entre as cinzas te prende desde o primeiro capítulo e quanto mais a narrativa mescla entre Laia e Elias, a história ganha um ar ainda mais interessante e o leitor ficará se corroendo de curiosidade. 

A temática do livro é atraente. Apesar da presença de elementos típicos da literatura distópica, a estreia literária de Sabaa Tahir deve ser categorizada como um livro de fantasia. No entanto, trata-se de uma fantasia com um caráter maduro e sério, abordando assuntos pesados como perdas, opressão, sacrifícios.  

Os personagens são todos, sem exceção, corajosos - desde os soldados da academia do Império às cozinheiras da comandante da academia. Sabaa Tahir soube trabalhar muito com todos, desenvolvendo-os bem, e possibilitando a criação de um laço entre leitor e personagem. Laia, uma das personagens mais valentes que já tive o prazer de li, se encaixa perfeitamente na representação do feminino que tanto vem se discutindo. É impossível não se sensibilizar com o sofrimento da personagem ou torcer para que Elias vença suas batalhas. 

Uma chama entre as cinzas chegou as minhas mãos em uma ótima hora. Fazia tempo que não lia nada do tipo e o livro me agradou muito - a ponto de me fazer ler no ônibus, mesmo sabendo que ficaria com dor de cabeça. O ano ainda nem acabou, mas Uma chama entre as cinzas, sem sombra de duvidas, já entrou na lista das melhores leituras de 2015. Mal posso esperar pela sequência! E se você ler, tenho certeza que ficará assim como eu: encantado(a) por essa história. 

Título: Uma chama entre as cinzas
Autor(a): Sabaa Tahir
Número de páginas: 432
Editora: Verus
Nota do Como Devorar Livros: 5/5
Livro cedido em parceria com a editora.

4 Comentários

  1. Esse livro está me deixando surtada! Faz um dia que eu comecei e já li pouco mais de cem páginas. O livro está sendo exatamente tudo isso que você falou: sensacional e envolvente. A construção de mundo está impecável! To quase chorando de tanto que estou amando hahaha. Assim que permitirem o casamento entre livros e pessoas, eu me caso com ele.

    Beijos,
    Bia.

    www.nasuaestanteblog.blogspot.com | @NaSuaEstante_

    ResponderExcluir
  2. Devorei, amei... Quero mais! Meu celular ficou dois dias sem uso q chegou a descarregar e nem senti falta dele! Sabaa Tahir me pegou de jeito!

    ResponderExcluir
  3. Devorei, amei... Quero mais! Meu celular ficou dois dias sem uso q chegou a descarregar e nem senti falta dele! Sabaa Tahir me pegou de jeito!

    ResponderExcluir