Título: Sábado à noite 2 - dos bailes para a fama
Autor(a): Babi Dewet
Número de páginas: 388
Editora: Generale
Nota do CDL: 3/5

Leia aqui a resenha do primeiro livro da trilogia.

Daniel foi para o Canadá e para Amanda, é como se ele tivesse levado consigo tudo de comum de sua vida. Pela primeira vez, não é bajulada por todos no colégio. Não passa mais tanto tempo com suas amigas populares, tampouco com seus amigos, os marotos, que se tornaram as novas estrelas de Alta Granada. O tempo passa e a muito custo, Amanda tenta superar os acontecimentos que a marcaram. Mas o que será que vai acontecer quando Daniel voltar?


SAN1 foi um dos livros que mais gostei de ler este ano. Ainda me lembro de como passei um dia inteiro me deliciando com as brincadeiras dos marotos, as misteriosas letras da tal banda mascarada e o drama mexicano da personagem principal. Por conta disso, criei grandes expectativas quanto ao segundo livro da trilogia. Minha vontade de ler só aumentou quando vi várias resenhas positivas. No entanto, acho que esperei demais de SAN2 e acabei me decepcionando um pouco. 

O ritmo logo ao início do livro é lento. Até a volta de Daniel, tudo se resumiu em um grande drama na vida da personagem principal, que parecia ter perdido o seu sentido de viver. Este drama todo não precisava ocupar tantas páginas quanto realmente ocupou. Então, pensei que o livro ia mudar radicalmente com a volta do guitarrista da Scotty, Daniel. Obviamente, eu estava errada. Só consegui pegar raiva do casal principal. É claro que eu queria que os dois ficassem juntos, mas nem os personagens conspiravam a favor disso. Os marotos e as amigas de Amanda são os melhores personagens do livro. 

Não é característica da autora detalhar muito, por isso, o livro conta com vários (é sério, são muitos) diálogos. Deve ser por isso que ainda sinto como se estivesse lendo uma fanfic. Para os que não sabem, SAN surgiu como fanfic e só depois, virou livro. A autora também faz diversas menções a bandas conhecidas e não é preciso se esforçar muito para perceber que a sua favorita é McFly. 

Apesar dos pesares, a história é envolvente e não consegui largar até a o fim, precisava saber o que ia acontecer depois de tantos altos e baixos. É certamente um livro que prender sua curiosidade até os últimos capítulos. Além disso, os personagens são reflexos de muitos jovens dos dias de hoje. Seus diálogos e modos de agir em muito se assemelham com a realidade. Não tem como não se identificar, nem que seja com uma frase ou outra. 

Não sei quando o terceiro e último livro da série será lançado. Acredito que no meio do ano que vem. Para mim, o desfecho desta história não é um mistério. Pelo contrário, é bem previsível. Mas não consigo não me sentir curiosa pelo que está por vir. 

4 Comentários

  1. Oi Rebecca! Que pena que não gostou tanto assim do segundo :/ Eu só li o primeiro até agora e estou bem curiosa em relação à continuação, mas espero não me decepcionar!
    Apesar de sua opinião negativa, sua resenha está bem sincera e eu gostei de saber algumas coisinhas de antemão :)
    Beijos, Lis.
    ourbooksontheshelf.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. ainda nem li o primeiro livro, e acabo de saber que já tem o livro 2... como isso? hahaha
    a história parece ser bem divertida, e eu tenho curiosidade em ler os dois agora né hahaha
    que pena que o segundo não foi tão satisfatório como o primeiro :(

    ResponderExcluir
  3. muito legal, ontem mesmo me perguntaram se este livro tinha continuação legal saber que tem... bjs!!

    ResponderExcluir
  4. Sempre quis ler SAN 1, mas nunca tive a oportunidade...

    Beijos, Mands - Outbreaks.

    ResponderExcluir