Resenha: De volta aos quinze - Bruna Vieira

Título: De volta aos quinze
Autor(a): Bruna Vieira
Número de páginas: 224
Editora: Gutenberg
Nota do Como Devorar Livros: 3/5

Aos 30 anos, Anita não está muito contente com sua vida. Odeia seu trabalho, é mal vista e julgada por sua família e conhecidos. Isso, até acessar seu primeiro blog, que escrevia aos 15 anos. Em questão de segundos, ela volta no tempo, deixando para trás a mulher insatisfeita para reviver sua adolescência e tentar mudar, a todo o custo, o passado.





Já era para essa resenha ter sido publicada faz tempo. Fiquei enrolando até agora por não saber muito bem o que dizer. Existem livros que prefiro não resenhar, especialmente quando não sei exatamente o que comentar sobre eles. "De volta aos quinze" faz parte dessa pequena lista. Vi colegas minhas dizendo que amaram o livro, que é perfeito e tudo mais. Mesmo não tendo gostado muito do primeiro livro de Bruna Vieira, coloquei um pouco mais de esperança em seu primeiro livro de ficção. Não me decepcionei, mas também não fiquei encantada.

A história do livro é bem simples. Imagine o filme "De repente 30" só que ao contrário. Imaginou? Então, é basicamente isso e mais as partes do blog. Apesar de ser um livro bem curtinho - é o primeiro de uma trilogia -, demorei um pouco para ler, pois o livro só veio a ficar envolvente e a atrair minha atenção nos capítulos finais. A personagem principal, Anita, conseguiu me despertar muita raiva. Afinal, quem não sabe que ao mexer no passado, se altera o presente e o futuro?

O início é devagar, os personagens vão sendo apresentados aos poucos e foi impossível, para mim, não se identificar com a parte "caloura" de Anita. A história ganha um ritmo quando chega ao meio, mas como disse, só fica interessante mesmo no final, quando me vi torcendo pelos personagens. Como todo escritor adora fazer, termina o livro na melhor parte e sei que vou acabar lendo a sequência por esse motivo.

Talvez eu tenha sido um pouco crítica durante minha leitura, mas é porque eu realmente acredito que a autora precisa se desvencilhar do número quinze de uma vez. No entanto, essa é uma opinião particular. Apesar de diferentes, "De volta aos quinze" é muito melhor do que "Depois dos quinze", mas peca no ritmo dos acontecimentos. Bruna também aprimorou muito sua escrita, podemos ver várias mudanças, caso alguém tenha lido seu primeiro livro.

A não ser que tenha muita coisa (muito coisa mesmo!) ainda para acontecer, a história não precisava ser contada em três livros. A narrativa é bem leve e simples, faz referência a pontos reconhecidos de Paris e São Paulo (aposto que este último foi toque pessoal da autora).

Se você acompanha o blog da autora, se é fã dela ou curte o gênero, é um livro que pode muito bem entrar em sua lista prioridades literárias. 

Share:

1 pessoas devoraram

  1. Tenho muito interesse em ler este livro. Gostei de sua resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir