Título: Charlotte Street
Autor: Danny Wallace
Número de páginas: 400
Editora: Novo Conceito
Nota do Como Devorar Livros: 3/5

"Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempre há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-professor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam..."

Charlotte Street é um daqueles livros que te surpreendem mais e mais a cada página. Não por ser tratar de uma história repleta de surpresas, mas por seguir um ritmo completamente diferente de sua sinopse. Sabe o ditado "nunca julgue um livro pela capa"? Mudando um pouquinho para se enquadrar no enredo de Charlotte Street, podemos dizer: nunca julgue um livro pela sinopse. Você deve estar se perguntando, "mas isso é ruim?". Não, não é. Porém, a quantidade de pessoas que se decepcionaram com a história por terem sido "enganadas" pela sinopse é grande. Faço parte dessa lista, a questão é que nem por isso deixei de gostar do livro, embora tenha ficado bastante surpresa com o andar das coisas. 

Charlotte Street aparenta ter um ritmo bem devagar, mas os acontecimentos vão se desenrolando com tanta clareza que rapidamente me vi envolvida nos questionamentos e problemas de Jason Priestley. Diferente do que a capa afirma, eu não diria que se trata de uma história de amor. No entanto, trata-se, certamente, de uma narrativa engraçada e leve, com personagens que você aprenderá a gostar e detestar simultaneamente. 

O livro me lembrou muito "O lado bom da vida", mesmo as histórias não tendo relação alguma. Então, se você curtiu "O lado bom da vida", Charlotte Street pode muito bem te agradar também. É só ter um pouquinho de paciência com a atitude dos personagens que, sem sombra de duvidas, são retratos da realidade. 

Com várias referências a capital inglesa (sem contar com essa capa linda e maravilhosa), a narrativa é ótima, deixando o leitor curioso, criando perguntas que serão respondidas capítulos e capítulos depois.

Muito bem escrito, que apesar de deixar um pouquinho a desejar, é um livro ótimo.  

Um Comentário

  1. Quis ler este livro desde a primeira vez que eu vi a foto dele.
    O tempo passou e fui deixando a ideia um pouco de lado, até que despretenciosamente consegui o livro. Coloquei na estante e fiquei esperando aquela vontade que eu tive de lê-lo desde a primeira vez voltar.
    Ultimamente, toda vez que eu olho pra estante, parece que ele ta me chamando! Só consigo ver ele em meio a tantos outros.

    Foi muito bom ler sua resenha porque reforçou a minha vontade. Parece que a hora de ler este livro é agora!

    Eu nao tenho expectativa nenhuma com relação a leitura e é exatamente dessa forma que somos surpreendidos.

    Beijo
    Blog Sem Spoiler

    ResponderExcluir