Título: A Seleção
Autor: Kiera Cass
Número de páginas: 359
Editora: Companhia de Letras
Nota do Como Devorar Livros: 5/5

America Singer era uma simples cantora da casta Cinco. Até que, cedendo aos pedidos de sua mãe e a teimosia de seu namorado secreto, cuja casta é inferior, ela se escreve na Seleção. Através da Seleção, trinta e cinco garotas lutam com todos os seus charmes para ser  tornarem a esposa do príncipe de Illéia. Não é isso que America quer, ela só quer ficar em sua casa, com seus irmãos e seu namorado, apesar do aperto financeiro. Quando chega ao palácio para o evento mais esperado e assistido por toda a população de Illéia, America acaba conhecendo o príncipe Maxon, o rei, a rainha, a concorrência, as criadas e sem querer, os rebeldes. 

Nunca julgue um livro pela capa. Simplesmente preciso começar essa resenha com este ditado popular, pois ele diz muito. Para ser sincera, já esperava grandes coisas de A Seleção, mas a capa conseguiu criar ainda mais expectativas. Gosto de livros que tenham capas bonitas, que chamem a atenção e que são capazes de se destacar nas prateleiras de uma livraria. 

A Seleção é o primeiro livro da trilogia. Gostaria muito de que fosse somente um único livro, não vejo necessidade em fazer mais do que um. No entanto, a moda agora são as trilogias e séries. O problema é que sempre fico tentada a completar a série. Voltando ao assunto, se a autora não estiver com grandes revelações debaixo de sua manga, acho que a história toda poderia ser contada em um ou dos livros. É verdade, nem que fosse em um livro com quinhentas páginas. 

Uma pergunta que provavelmente surgirá para aqueles que leram outras resenhas do livro é: A Seleção é tão parecido com Jogos Vorazes? Sim e não. Há detalhes na história que realmente são semelhantes, mas não transformam A Seleção em uma cópia de Jogos Vorazes. Ambos tem muitas particularidades e diferenças. As semelhanças entre as duas histórias não atrapalhou minha leitura, muito menos me deixou com raiva. 

A história demorou um pouquinho para chegar ao clímax. No entanto, não acredito que isso deixe o leitor entediado a ponto abandonar o livro nas primeiras cem páginas. Narrado por America, a leitura é agradável.

Um ponto negativo é que o primeiro livro terminou de forma muito bruta, deixando claro que haverá uma continuação, mas não é o que se espera de um final de livro, mesmo que este receba uma continuação.

Adorei a ideia que a autora teve para explicar o surgimento do país Illéia, abordando um conflito entre China, Rússia e Estados Unidos. Alguns personagens não são muito aprofundados, dando maior destaque aos principais e que realmente fazem diferença no decorrer da história.

Gostei bastante de A Seleção e espero que o próximo livro da série seja tão bom quanto. 

9 Comentários

  1. Para ser sincero, não fiquei muito animado em ler Jogos Vorazes. Não sei, acho que é por causa da história. Há muito tempo atrás, li um mangá chamado Battle Royale que me lembrou muito o enredo de Jogos Vorazes. Talvez não tenha nada a ver, mas eu meio que senti isso.

    Ah, outra coisa, sobre algo que li na descrição do seu perfil. Quem disse que Nárnia não existe? Existe sim, no coração de todos os narnianos! ^_^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu gosto do enredo de Jogos Vorazes. Battle Royale? Acho que já ouvir falar do filme, mas nunca do mangá.

      Eu sei, haha. É que eu adoro essa citação, ela é do sexto livro da série. Bem naquela parte que eles dizem "estou do lado de Aslam mesmo que não exista Aslam". <3

      Excluir
    2. A gente já andou conversando pelo Skoob. Eu simplesmente amo a série. Nunca deixa de ser atual pra mim. Quando eu era garotinho, sonhava entre namorar a Lucy ou a Jill... rsrsrs

      Ah, se eu brincasse de Nárnia, escolhia entre o Edmundo e o Eustáquio. Não sei, mas sempre me identifiquei com eles. Talvez por não serem "tão" perfeitos...

      Excluir
  2. Voce adora cultura japonesa?! bom, nao que seja a mesma coisa mas eu estou em Taiwan, entre a China e Japao, uma ilha... aqui eles falam chines/mandarim traidicional. Estou fazendo intercambio de um ano por aqui.
    Adorei seu blog, estou seguindo! Beijos :D


    http://taiwan-paradise.blogspot.tw/

    http://antesde-dormir.blogspot.tw/

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem. Meu nome é Ulisses Sebrian e sou escritor. Vim te apresentar os meus livros. Estão disponíveis para ler nesse link. http://migre.me/dUvmP
    Ou se preferir entre em meu blog e na barra lateral tem as capas dos livros basta dar um clique na foto e ler. http://truquedevida.blogspot.com.br/ Obrigado e muito sucesso e felicidades para você.

    ResponderExcluir
  4. Quero muito ler esse livro e adorei sua resenha!!
    Sou apaixonada por essa capa.

    Beijos
    @blogscl
    http://sonhando-com-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Tenho uma amiga que amooou esse livro e vive me falando pra ler, está na minha wishlist com certeza!

    Beijos, Bianca
    http://behindenemyline8.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Devorei esse livro em 1 dia D: não conseguia parar!
    beijos

    http://livrodecapadura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amo demais este livro! Jogos vorazes, Divergente e A seleção são meu TOP das distopias. Perfeição *--* meu exemplar de Elite chegou ontem, tô louca pra começar a ler!

    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir