Título: As Crônicas de Kane - A Sombra da Serpente
Autor: Rick Riordan
Número de páginas: 343
Editora: Intrínseca

No terceiro e último livro da série, você provavelmente já os conhece muito bem. Os irmãos mais adoráveis e brigões, Sadie e Carter, são descendentes da Casa da Vida e estão muito longe de serem meros mortais. Seus poderes são essenciais para restaurar a ordem do universo. No entanto, Apófis está livre e os Kane tem apenas três dias para conseguir impedir que a serpente destrua tudo. Além disso, as coisas não andam como o esperado. Sadie e Carter, junto de seus amigos, Zia e Walt, precisam correr contra o tempo, se encontrar com fantasmas trapaceiros, aprender feitiços que lhe podem tirar a vida, impedir que o mundo seja devorado pelo Caos e ainda terem tempo de ir ao baile da escola. 

Em uma leitura fácil e agradável, Rick Riordan mescla humor, magia, mitologia e romance de uma forma que nenhum outro autor consegue com tanta facilidade. Para ser sincera, eu já tinha me esquecido do gostinho de seus livros, sempre tão bons. 

Então, vamos lá. Resenha, certo? Como fazer a resenha de um livro que há poucas horas estava me deixando revoltada por querer mais? A Sombra da Serpente é o melhor livro da série! Nenhum personagem foi esquecido e todos tiveram uma participação, por mais pequena que ela fosse. Há partes em que você ri do diálogo narrador-leitor, assim como há partes em que você simplesmente não quer parar de ler, mesmo quando sol já está para raiar e seus olhos estão quase se fechando. 

O livro conseguiu superar todas as minhas expectativas e pedir por mais, muito mais. O final não conseguiu saciar a minha sede de querer mais histórias dos irmãos Kane. O romance, embora não fosse o foco principal, esteve presente o tempo todo e me rendeu uma das melhores partes do livro. Se você for ler esperando uma mega batalha alá Aslam e Feiticeira Branca, irá se decepcionar. Nesse quesito, o livro deixou a desejar. Muitos acontecimentos são completamente previsíveis, mas sempre tem algo que prende o leitor. Talvez seja o sarcasmo de Sadie, os confusos sentimentos de Carter ou o jeito cínico de Setne. 

Um ótimo desfecho, um tanto aberto. Acredito que proposital. Pequenas menções de outros deuses. Seria Percy Jackson e companhia se misturando com o pessoal da Casa do Brooklyn? Rick Riordan, por favor, nunca pare de escrever.

"Quanto a você, que está ouvindo esta gravação: nunca estaremos ocupados demais para novos iniciados. Se você tem o sangue dos faraós, o que está esperando? Não desperdice sua magia. As portas da Casa do Brooklyn estão abertas." 

4 Comentários

  1. Ain, pra mim esse também é o melhor da série, vi algumas pessoas decepcionadas com este livro, mas eu particularmente amei, faltou um pouco mesmo de batalhas, mas eu nem senti falta, gosto desse ritmo de viagens. Perfeito o desfecho da história de Sadie, mesmo sendo previsível em algum momento do livro, mas perfeito. Amei também.
    Bjos
    Ana Clara
    www.bibliotecavirtu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Poxa, ainda não li esse livro ): Ainda bem que ele é bom, pois quero algo que feche a série com chave de ouro, ela é muito boa!
    É, o tio Rick fará uma série misturando PJ e os Kane :D Como será que vai ser? Já tô ansiosa *-*

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    http://myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não consigo me imaginar lendo Percy Jackson. Comecei a ler O herói perdido sem saber que era uma continuação da série e acabei abandonando.
    Em contrapartida, me apaixonei desde o primeiro livro pelos Kane.Estou louca para ler o desfecho.
    E a propósito,também achei os finais dois primeiros livros um tanto arbitrários.
    Beijos,
    Sabrina do www.allstarejeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Muito boa a resenha. Ainda não li essa série, mas sou muito fã do Rick Riordan por causa de PJO e HO. Tenho muitas séries em aberto, mas gostaria de ler esta também e seu resenha me deixou morrendo de vontade.

    http://estantecultural.wordpress.com

    ResponderExcluir